PSICOLOGIA PARA TODOS

BLOG QUE AJUDA A COMPREENDER A MENTE E OS COMPORTAMENTOS HUMANOS. CONSULTA-O E ESCREVE-NOS, FAZ AS PERGUNTAS E OS COMENTÁRIOS QUE QUISERES E COLABORA PARA MELHORAR ESTE BLOG. «ILUMINA» O TEU PRÓPRIO CAMINHO OU O MODO COMO FAZES AS COISAS…

PROFILAXIA E PSICOTERAPIA NA DEPRESSÃO 2

ComentárioDepressão-B

“Estou a sentir-me muito só, desanimado e bastante deprimido nesta quadra do ano em que todos têm uma família e algum aconchego.
Os meus pais já morreram há um ano e desde então tenho-me sentido afastado do mundo.
Ganho pouco mas chega para me manter com um mínimo de dignidade. Às vezes tenho tido ideias de suicídio e, por isso, um colega de serviço aconselhou-me que lesse o livro “Depressão? Não Obrigado!” Mesmo assim não me sinto igual à rapariga porque não tenho pais que me controlem nem sou rejeitado por qualquer rapariga.Psi-Bem-C

Recomendaram-me este blogue onde não encontrei algum post dedicado à depressão mas sim à prevenção e profilaxia, o que me animou um bocado.
Poderei ter alguma ajuda?
Pode chamar-me António.”

 Caro Sr. António,

Li o seu comentário e apresso-me a responder porque me parece que necessita de alguma ajuda que poderia ser dada através dePsicopata-B
uma ou mais consultas de psicologia, além da psicoterapia consequente.
Contudo, como me descreve brevemente o seu «caso», julgo tratar-se de pessoa já adulta, entre os 20 e os 50 anos de idade, que tem alguns meios de subsistência, com emprego, mas não desfruta de muita convivência social.
O seu maior problema parece ser o de falta de convivência, amizade e família. Não era, de facto, o mesmo que acontecia com a Isilda (DEPRESSÃO? Não Obrigado!). O caso, na verdade, é diferente.
Contudo, quando me diz que consultou este blog, julgo que não leu a recomendação final de consultar primeiro o post HISTÓRIA DO NOSSO BLOG, sempre actualizada.Imagina-B
Aí irá descobrir três posts importantes para si:

  1. Desânimo e Depressão (2Mar08),  no blog PSY FOR ALL
  2. Ameaça de Suicídio (4Ago08), no blog PSY FOR ALL
  3. Profilaxia e Psicoterapia na Depressão (6Jun09) no blog PSICOLOGIA PARA TODOS

Antes de tudo, deve ler estes posts juntamente com os comentários que lhes são feitos.
Depois, pode percorrer outros posts e descobrir algo que lhe interesse.mario-70

A seguir, já que me parece que passa muito tempo sozinho, sente-se descansadamente e tente recordar os momentos bons que passou na vida. Tente visualizá-los e repetir essas visualizações quando for dormir. Tome nota de tudo o que se lembrar durante o dia. A partir desses apontamentos, quando estiver só em casa, pode recordar, de vez em quando, as coisas desagradáveis e contrariar essas lembranças com as agradáveis.
Este exercício pode ser repetido todas as noites quando se for deitar. Para isso, consulte o post Autoterapia, de 24 de Fevereiro de 2009, no blog PSICOLOGIA PARA TODOS e tente seguir as indicações nele contidas.
Consegui-B
Posso garantir que um procedimento semelhante foi utilizado pela Cidália (Eu Também CONSEGUI!) que inicialmente: “Tinha ficado entusiasmada com os meus livros mas não conseguia praticar coisa alguma do que lhe fora recomendado. Por isso, continuava com a droga julgando que o mal não seria muito grande, tanto mais que lhe faltava tempo para o trabalho e para os estudos e não o podia desperdiçar com uma psicoterapia formal.” (pág. 15).
O relato dela a meio da terapia diz: “Na noite seguinte, lembrei-me da minha própria vida que mais parecia uma empresa por falir mas que já tinha retomado o rumo devido. Durante o dia, tinha lido alguns exemplos do reforço do Joana-Bcomportamento incompatível (F). Lembrei-me do Sr. Antunes e do psicólogo que me indicavam o caminho a seguir e insistiam na minha colaboração e prática do relaxamento sem nunca me desculpabilizarem ou deixar arranjar justificações para os meus insucessos. Em todas as situações de fracasso, eu tinha de descobrir aquilo que tinha corrido mal para enveredar por um caminho novo e mais certo do que aquele que percorrera. Eles falavam-me só naquilo que eu, de facto, deveria fazer para enveredar por um caminho correcto e mais «sorridente». Enquanto falavam nisso, eu não podia pensar nos meus insucessos. Quando lhes ia contar um insucesso, mudavam a conversa para aquilo que eu deveria fazer. Como não podia pensar nas duas coisas ao mesmo tempo, só conseguia pensar naquilo que eles diziam que Psi-Bem-Cdevia fazer. Lembrei-me de conversas que tinha tido com o Sr. Antunes e quis verificar a veracidade do que estava a pensar.
……………………………
Quando falei no Sábado com o Sr. Antunes, logo de manhã, para lhe dizer que me sentia «um pouco em baixo» por causa do trabalho que estava a fazer sobre os gestores e que me apetecia tomar uns comprimidos, pareceu-me que ele tinha ficado muito preocupado porque vociferou:
Estás maluca?  (págs 123-124)
 
Por isso, seguindo as recomendações e a insistência do seu «quase tio» Antunes, a Cidália, sem recorrer às drogas em relação às Acredita-Bquais ia ficando alienada como a sua mãe, continuou com a psicoterapia e os exercícios em casa como ele tinha feito (ACREDITA EM TI. SÊ PERSEVERANTE!) porque seguindo o relato da sua autoterapia: “Lembrei-me que tudo isto não era um «milagre» mas a consequência do início de um comportamento indispensável para o efeito. Também, sem pôr o motor do carro a trabalhar é impossível fazê-lo circular por si próprio, para a frente em terreno plano e muito menos numa subida. Uma das vezes que pratiquei a imaginação orientada, isto é, comecei a pensar num assunto e logo de seguida tentei iniciar o relaxamento mental, surgiram-me várias ideias muito curiosas.
Estava a tentar analisar a razão porque tinha entrado, em tempos, em depressão e rapidamente cheguei à conclusão de que a mesma tinha sido consequência da pressão exagerada que sentia no serviço e da frustração provocada pelo fraco rendimento Saude-Bescolar da minha filha, com a consequente ansiedade da minha mulher.
Se eu não estivesse deprimido e aflito com os problemas da minha filha, provavelmente, não me teria assustado nem conversado com o meu amigo e iniciado os procedimentos terapêuticos e profilácticos que estava a seguir actualmente. Também, possivelmente, continuaria a não prestar a devida «assistência» à família e nem estaria bem integrado nela. Até a minha mulher era capaz de se ligar mais à família dela do Algarve ou arranjar outros conhecimentos no Porto, afastando-se da nossa casa, enquanto eu estivesse a trabalhar. Além de tudo isto, talvez eu continuasse como funcionário subalterno. Foram óptimas e oportunas as palavras do meu amigo que me disse, logo no início, quase em tom de ordem que não admite vacilações: “Acredita em ti.Biblio Sê perseverante.” (pág. 96)
 
Não tendo quaisquer outros elementos a seu respeito, tal como são colhidos numa consulta, posso recomendar que consulte todos os posts indicados nos dois ou três blogs e siga as instruções dadas neste post.
Também posso dizer que o Antunes tinha pouco mais de 50 anos e estava bem na vida profissional.
Faço lembrar que as drogas para a depressão dão ânimo mas exageram-no em certos momentos mais críticos, o que pode ser mau.
Informo-o que todos nós temos momentos de desânimo que é necessário combater no momento, aproveitando de seguida os mais pequenos momentos bons.mario-70
Recomendo também que tenha força de vontade para fazer os exercícios de acordo com as indicações do post respectivo ou do livro que estiver a ler.
Faço lembrar que quatro ou cinco livros ficam muito mais baratos do que uma ou mais consultas, mas dá bastante trabalho ler, embora se possa tirar muito mais proveito porque os livros estarão sempre à mão de semear para serem consultados nos sítios mais incríveis.
Boa sorte, Bom Natal e magnífico Ano Novo com boas notícias.

Ver post LIVROS DISPONÍVEISarvore

É aconselhável consultar o ÍNDICE REMISSIVO
de cada livro editado em post individual

Blogs anteriores:

PSY FOR ALL (desactivado) [http://www.psyforall.blog.com]

PSICOLOGIA PARA TODOS [http://psicologiaparaque.blogspot.pt/]

Para tirar o máximo proveito deste blog, consulte primeiro o post inicial “História do nosso Blog, sempre actualizada”, de Novembro de 2009 e escolha o assunto que mais lhe interessa. Depois, leia o post escolhido com todos os comentários que são feitos. Pode ser que descubra também algum assunto acerca do qual nunca tivesse pensado. 

Para saber mais sobre este blog, clique aqui

Anúncios

Single Post Navigation

2 thoughts on “PROFILAXIA E PSICOTERAPIA NA DEPRESSÃO 2

  1. Senhor doutor.
    Agradeço a resposta imediata dada ao meu pedido.
    Consultei os seus três blogues, os postes indicados e não só.
    No Natal tive mais do que tempo de estar só em casa, comer bolo-rei e beber um pouco de porto.
    Tentei praticar o que recomendou e indicou no poste. Foi difícil con-seguir alguma coisa. Passei a ler de relance o livro “Eu Também CONSEGUI!” que um meu conhecido me emprestou. Fui para uma esplanada descansar um pouco, ler e estar entre outras pessoas. A partir de ter estado na esplanada comecei a recordar alguns factos agradáveis da minha vida.
    Li o caso do TIAGO e fiquei mais entusiasmado. Fiz os exercícios de relaxamento muscular como ele fez. Assim foi melhor. Tenho 35 anos, não estou a tomar qualquer droga, possuo o 12º ano e quero progredir na vida.
    Obrigado por tudo.
    Compreendi quase tudo o que li mas fiquei na dúvida porque não entendi a sua frase “Faço lembrar que as drogas para a depressão dão ânimo mas exageram-no em certos momentos mais críticos, o que pode ser mau.”
    Como estou a ficar entusiasmado com o que aconteceu com o Tiago e com a Cidália, quero ler tudo outra vez mas esse meu conhecido deseja que lhe devolva o livro na segunda-feira, hoje de manhã. Agradeço que me mande rapidamente um pelo correio, com porte a pagar por mim.
    Posso dizer que o Natal foi menos triste e mais calmo. Estou a sentir-me melhor este fim-de-semana.
    Boas entradas no Novo Ano.
    António

  2. Mário de Noronha on said:

    O livro já foi enviado para os correios.
    Leia tudo com atenção, medite bem e pratique melhor!
    Vou preparar já um novo post para si.
    Julgo que vai recuperar com facilidade.
    Bom Ano Novo de 2011.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: