PSICOLOGIA PARA TODOS

BLOG QUE AJUDA A COMPREENDER A MENTE E OS COMPORTAMENTOS HUMANOS. CONSULTA-O E ESCREVE-NOS, FAZ AS PERGUNTAS E OS COMENTÁRIOS QUE QUISERES E COLABORA PARA MELHORAR ESTE BLOG. «ILUMINA» O TEU PRÓPRIO CAMINHO OU O MODO COMO FAZES AS COISAS…

EFEITOS COLATERAIS

Hoje de manhã, quando acabei a consulta, uma pessoa que já conhecia há muitos anos, disse-me que viu, por acaso, o nosso Saude-Bblog. Como não conhecia, visitou o último post em que a Júlia fez o comentário de lhe ter sido útil ler os nossos livros e consultar os diversos posts.
Achou interessante outro comentário feito pelo António, destinatário desse post, a dizer que conseguiu sentir melhoras mesmo sem se socorrer da consulta formal onde gastaria bastante mais.

Este comentário tinha-me feito lembrar o Júlio de “Eu Não Sou MALUCO!” (a ser publicado depois de “PSICOLOGIA PARA TODOS”) que me disse em relação à sua situação: “Quem não tem cão caça com gato!Maluco2

Essa pessoa minha conhecida também ficou intrigada com esses dois comentários a dizer que, sem a consulta formal, desejavam enveredar pela prevenção.
Não necessitando de qualquer consulta para si própria, esse meu interlocutor tinha de responder a várias dúvidas dos filhos profissionalmente muito ocupados, que não dispunham de tempo para os netos em vias de atingir a idade da adolescência.
O meu interlocutor desejava saber mais coisas mas, como eu estava ligeiramente cansado e sem ambiente propício para lhe dar as respostas adequadas, tomei nota sumária das várias dúvidas e prometi esclarecê-las através de um novo post a ser elaborado Joana-Bde acordo com a minha disponibilidade.
Assim, pelo menos mais gente ficaria a ganhar com a difusão da informação, para evitar efeitos colaterais de uma acção direccionada para o objectivo principal: «educar» bem os filhos.
Para satisfazer esse compromisso faço agora este post realçando que a boa saúde mental exige que os pais ou educadores ou demais concidadãos possivelmente intervenientes tentem ajudar os mais novos a estruturar uma personalidade equilibrada, autónoma e com motivação para o sucesso.

Se ouvirmos o comentador Tavares Rijo, que aparece muitas vezes às quintas-feiras no programa de Jorge Gabriel, na Praça da Psicologia-BAlegria da RTP1, podemos colher ensinamentos de Psicologia Social em linguagem simples, vulgar e mais precisa e verdadeira do que aquela que ouvimos dos Professores nos diversos programas de televisão. Tavares Rijo fala-nos claramente em psicologia social despida de preconceitos e tecnicidades. Para mim, é um prazer ouvi-lo.

Tentando dirigir-me mais ao meu velho conhecido, bem como ao António e também à Júlia, que tem uma filha na adolescência, quero focar alguns pontos importantes enquanto o livro PSICOLOGIA PARA TODOS não vê a luz do dia.Acredita-B

▫ Na estruturação equilibrada da personalidade (que são os alicerces fundamentais da pessoa), é importante que os dois progenitores intervenham na educação concertadamente e que não se contradigam (69-80), (207-212). Caso contrário, podem provocar nos educandos a dissonância cognitiva. Esta pode acontecer se as «ordens», indicações ou instruções dadas por cada um dos cônjuges forem contraditórias. Os educandos podem pensar “Faço ou não faço?” “Olho para a cara dele/s para ver se estão a falar a sério?” “Vou tentar adivinhar se estão mal dispostos ou bem-dispostos?” “Tenho de descobrir se os seus negócios ou assuntos de serviço estão a correr mal?”Consegui-B

▫ A utilização do reforço do comportamento incompatível (95-102) é muito importante. Os nossos políticos bem demonstram a sua utilização quando não querem responder a perguntas embaraçosas: desviam a conversa para outros assuntos. Seria ideal conseguirmos não nos irritarmos com os filhos nos momentos de grande emoção e repreendermos com calma, serenidade e firmeza, sem posteriores «arrependimentos» e «recuos»…
A propósito do reforço do comportamento incompatível, quando estamos irritados, aprendendo com esses políticos, podemos tentar falar em alguma coisa diferente, podendo a mesma reprimenda  ser dada num momento de mais Psicopata-Bcalma e sem emoção da nossa parte.

▫ É bom que tenhamos a noção exacta do reforço (43-63 e mais), das suas especificidades e das suas consequências boas e más.

Para finalizar este post, posso dizer que tentei abordar sucintamente com várias hipóteses os factos do dia-a-dia e os conceitos inerentes aos mesmos que ficam assinalados a negro.

Enquanto não existir  “PSICOLOGIA PARA TODOS” cujas páginas estão indicadas entre parêntesis (), é fácil recorrer a Bibliooutros livros especialmente “JOANA, a traquina ou simplesmente criança?” que já tem um Índice Remissivo neste blog.

Através desse livro podem-se compreender melhor os conceitos de que acabei de falar.

Já leu os comentários?

Ver post LIVROS DISPONÍVEIS

É aconselhável consultar o ÍNDICE REMISSIVOarvore
de cada livro editado em post individual

Blogs anteriores:

PSY FOR ALL (desactivado) [http://www.psyforall.blog.com]

PSICOLOGIA PARA TODOS [http://psicologiaparaque.blogspot.pt/]

Para tirar o máximo proveito deste blog, consulte primeiro o post inicial  “História do nosso Blog, sempre actualizada”, de Novembro de 2009 e escolha o assunto que mais lhe interessa. Depois, leia o post escolhido com todos os comentários que são feitos. Pode ser que descubra também algum assunto acerca do qual nunca tivesse pensado. 

Para saber mais sobre este blog, clique aqui

Anúncios

Single Post Navigation

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: