PSICOLOGIA PARA TODOS

BLOG QUE AJUDA A COMPREENDER A MENTE E OS COMPORTAMENTOS HUMANOS. CONSULTA-O E ESCREVE-NOS, FAZ AS PERGUNTAS E OS COMENTÁRIOS QUE QUISERES E COLABORA PARA MELHORAR ESTE BLOG. «ILUMINA» O TEU PRÓPRIO CAMINHO OU O MODO COMO FAZES AS COISAS…

A DEPRESSÃO

Falei hoje de manhã com o meu amigo Das Neves para saber da sua saúde e tive a oportunidade de lhe dizer que estou Depressão-Bconvidado pelo Clube Universitário Tempos Livres de Amadora (CUTLA) para no dia 22 de Março falar sobre A DEPRESSÃO.
Também me lembrei de lhe dizer que, para a CUTLA, este tema é importante porque a “faixa etária dos associados desse Clube Universitário é Sénior”.

Como resposta, às condições da sua saúde e da mencionada palestra, obtive dele o seguinte comentário:
– O meu amigo sabe que estou a viver o dia-a-dia porque a minha doença é incurável e progressiva. Não há nada a fazer. Às vezes, vou-me abaixo, mas tento distrair-me. Não estou nem melhor nem pior. Estou cada vez mais na mesma, como se diz vulgarmente. O que não compreendo é essa ligação de Sénior com depressão. Eu não me Bibliosinto deprimido porque tenho 70 anos mas sim por causa da minha doença que me deixa na impossibilidade de poder trabalhar, como desejo. Não tenho alternativa. Por isso distraio-me com qualquer coisa, por exemplo, com os seus livros que descrevem as odisseias de muita gente que ultrapassou tudo isso. A Germana, conheço bem e está óptima. O Januário também. Encontrei todos, uma vez, na companhia da minha prima Dirce. A Cidália não conheço, embora esteja no Algarve. Do nosso amigo Antunes, nem falemos. Parece que está cada vez melhor com a ida da filha para a faculdade. Além disso, fico a consultar o seu blogue de vez em quando.

 

“Os seus posts:Auterapia-B30
▫Desânimo ou Depressão?, de 2 de Março de 2008, 
▫Ameaça de Suicídio, de 4 de Agosto de 2008, no PSY FOR ALL,
Um Bálsamo para o Desespero?, de 16 de Novembro de 2009,
Profilaxia e Psicoterapia na Depressão, de 6 de Junho de 2009,
no blog inicial do PSICOLOGIA PARA TODOS, e
Síndrome de perseguição filial, de 24 de Janeiro de 2010 e
Profilaxia e Psicoterapia na Depressão 2, de 22 de Dezembro de 2010,Psicologia-B
no actual blog PSICOLOGIA PARA TODOS,
deram-me muito alívio e, às vezes, fico a pensar como deve ficar, se ainda não está, a «Maria» de que fala no penúltimo poste, o do Síndrome.
“Julgo que a depressão, seja qual for a idade, é mais um factor interno do que externo, que nos deixa insatisfeitos com a vida que temos. Quanto à família, já sabe que a minha mulher, embora enfermeira, também já está velhota como eu. Os dois, estamos cá, no Algarve. Os filhos estão por Lisboa com as suas vidas mais ou menos orientadas, embora também entrem na chamada «depressão» por causa das actuais condições de vida. E não sendoInteracção-B30 velhos nem seniores, são capazes de entrar em depressão, de vez em quando, mais do que eu. Por isso, socorro-me da sua técnica de reforço do comportamento incompatível e aconselho-os a fazerem o mesmo. E a minha mulher aconselha-os a não se alienarem a medicamentos para reduzir uma crise temporária que pode criar habituação. Depois da habituação é que são elas! A minha filha está cá este fim-de-semana e disse-me que os livros a têm ajudado muito. Também lê os postes sobre isso.
“Se até já publicou no livro da auto-terapia do nosso amigo Antunes a conversa que teve comigo (páginas 117 a 124) acerca das hipóteses para a prática possível de profilaxia, porque é que não faz um poste novo sobre tudo isso? Já sabe a minha opinião!Imagina-B

Esta conversa, deu-me oportunidade de vasculhar a minha tese sobre TERAPIA DO EQUILÍBRIPO AFECTIVO defendida em 1980.
Nessa investigação de 71 casos, realizada em 2 anos e 9 meses, entre 1976 e 1978, tinha estudado 29 depressivos.
Isto quer dizer que na «minha população», 41 por cento eram depressivos, dos quais 8 masculinos e 21 femininos, com idades entre os 15 e os 52 anos. Nenhum deles tinha atingido os 60 anos. O mesmo tem acontecido nos 30 anos seguintes com cerca de 5.000 casos.Psicopata-B
Seria porque os mais idosos não estavam deprimidos ou porque não tinham possibilidades de consultar um psicólogo? Qual a razão de os mais idosos não aparecerem nas minhas consultas, algumas das quais eram comparticipadas pelos sistemas de saúde que também apoiavam os menos idosos?  E, às vezes, eram eles que acompanhavam à consulta os mais novos! Falando no contexto muito actual da Geração à Rasca ou, melhor dizendo, GERAÇÕES,  qualquer delas não entrará facilmente em desespero conducente à depressão? Qual a razão e, mais que tudo, qual a solução? Tomar medicamentos pela vida fora ou «lutar» para que isso não aconteça, tentando aprender com o presente para garantir o futuro com as lições dadas de bandeja com uma má gestão das capacidades nacionais? Além de fazer apenas manifestações, numa atitude política e não apenas psicológica, os mais Maluco2novos têm de entrar na cena política e funcionar com sentido de estado e não do vil interesse partidário. É uma opção a ser tomada na esfera política e não psicológica.

Deixando a geração sénior de parte, o que fará a geração à rasca para resolver a sua frustração de não conseguir ter uma vida minimamente digna depois de todo o esforço que despendeu?  Se não forem os medicamentos a baixar a sua força anímica, deve entrar na droga, prostituição, delinquência, crime organizado, fraude, corrupção, ou qualquer outro comportamento desviado? A prevenção é ainda mais necessária do que a cura. É por isso que tenho insistido sempre na «educação» com a «aprendizagem» que pode ajudar as pessoas a enfrentar as crises com criatividade e sem causar danos aos outros, como vai continuando a acontecer na nossa sociedade. Mas isso Joana-Btambém é um assunto político e não psicológico.

Por isso, uma das razões que surgiu nas minhas ideias, depois da conversa com Das Neves, foi a seguinte:
O objectivo de qualquer ser animal é ser feliz. Isto traduz-se até no instinto da sobrevivência com o qual as espécies se vão aperfeiçoando, para se adaptarem melhor ao ambiente e o utilizarem a seu favor.
Não conseguir isso, isto é, ser feliz, conduz à frustração.
Por isso, o indivíduo vai dando respostas para conseguir sair dessa frustração. Não saindo da frustração, a pessoa deixa-se «ir abaixo» e pode entrar em depressão aprendida. Muitas vezes, os medicamentos são a sua única defesa. Porém, com o efeito que eles provocam de nos fazer «deixar andar as coisas», tal como o álcool serve «para afogar as mágoas», Consegui-B
provocam o reforço social negativo aleatório. Com a fixação do comportamento de não ligar a coisa alguma e deixar-se ir ainda mais abaixo, a consequência é o «desligamento» do mundo que nos rodeia. Isto provoca uma alienação que vai exigindo, às vezes, uma dose cada vez maior do medicamento para produzir o mesmo efeito inicial que era provocado por uma dose muito menor.

Se não for assim, porque razão haverá drogados e alcoólicos que não são seniores, nem por sombras?
Nestas condições, será que a psicoterapia ajuda a ter uma vida nova?
Suponho que o meu amigo Das Neves já respondeu sobejamente por mim dizendo que o Reforço do Acredita-Bcomportamento incompatível é o meio mais adequado para atingir o fim desejado: não se sentir deprimido e, ao contrário, sentir-se útil para si próprio (e para os outros?).

A minha preocupação principal, para além da resolução das dificuldades depois de elas estarem instaladas, é a sua prevenção atempada que se pode forjar logo de começo na «educação» e na «aprendizagem» evitando até muitas das doenças psicossomáticas que passam despercebidas e são exclusivamente tratadas com a medicação. Para isso, basta praticar o relaxamento, a evocação de memórias e de factos agradáveis que estão armazenados no fundo das nossas recordações e, se houver prática suficiente como a do Antunes, exercitar a Imaginação Orientada que dá para melhorar toda a nossa vida.Psi-Bem-C
Quem quiser mais informações, se não tiver os livros mencionados neste post,  pode consultar o post AutoTerapia, de 24 de Fevereiro de 2009 no blog  anterior do PSICOLOGIA PARA TODOS.

Em relação ao estudo feito com os 71 pacientes, 4 resolveram as suas dificuldades, 20 melhoraram, 5 abandonaram a terapia, provavelmente, para utilizarem os medicamentos.
Dos que resolveram e melhoraram, a média das sessões foi de 14, efectuadas numa média de 117 dias.
Os que abandonaram, fizeram entre 3 sessões em 8 dias e 51 sessões em 805 dias.
Nos que resolveram e melhoraram o seu problema, a variação foi de 3 sessões em 16 dias a 40 sessões em 227 dias.Difíceis-B

Não resolver ou aliviar a depressão com psicoterapia, deu como resultado um suicídio duma senhora com cerca de 50 anos de que tomei conhecimento.
Este tema específico dedicado à população sénior, se a mesma estiver ocupada com qualquer coisa: estudo, leituras, trabalhos de casa, cuidados com os ainda mais velhos ou mais novos, viagens, trabalhos manuais, leituras, ginástica, etc., tudo isto pode funcionar como reforço do comportamento incompatível: enquanto estiver nessa actividade, a pessoa não pode estar ao mesmo tempo, a pensar na sua «desgraça».
Portanto, deixá-los ocupados o mais possível, é o ideal, seja na cidade como no campo ou no interior do país.

Parabéns ao CUTLA e um sincero obrigado ao meu amigo Das Neves que me deu a ideia de elaborar este post.

Já leu os comentários?arvore

 Ver post LIVROS DISPONÍVEIS 

É aconselhável consultar o ÍNDICE REMISSIVO
de cada livro editado em post individual

Blogs anteriores:

PSY FOR ALL (desactivado) [http://www.psyforall.blog.com]

PSICOLOGIA PARA TODOS [http://psicologiaparaque.blogspot.pt/]

Para tirar o máximo proveito deste blog, consulte primeiro o post inicial “História do nosso Blog, sempre actualizada”, de Novembro de 2009 e escolha o assunto que mais lhe interessa. Depois, leia o post escolhido com todos os comentários que são feitos. Pode ser que descubra também algum assunto acerca do qual nunca tivesse pensado. 

Para saber mais sobre este blog, clique aqui

Anúncios

Single Post Navigation

8 thoughts on “A DEPRESSÃO

  1. CãoPincha on said:

    Já vimos este poste ontem à noite mas depois das ligeiras modificações introduzidas hoje gostámos dele ainda mais.
    A Geração à rasca tem de se meter ao barulho e endireitar as coisas se não quiser ir pela sanita abaixo como um dirigente de futebol queria fazer com alguns guardas.
    Esperemos qeu os tempos melhorem porque nós também estamos à rasca e com entrada na depressão.

  2. Das Neves on said:

    Caro amigo Noronha,
    Vi o seu novo poste ontem à noite depois de minha filha se ter ido embora para Lisboa.
    Gostei imenso e achei que tinha de lhe dizer isto.
    Espero ir mais vezes ao seu blogue e tenho muito gosto que os depressivos seniores façam o mesmo para se ajudarem a si próprios.
    Felicidadas e provavelmente até à Páscoa.
    Seu amigo,
    Das Neves

  3. Anónima on said:

    Li este poste a conselho dum amigo e gostei mais do que alguns que visitei. Sinto-me em baixo porque comecei a ter problemas com o meu filho de 18 anos desde que o meu marido faleceu. Antes de ir a qualquer consulta gostaria de ler o seu livro sobre DEPRESSÃO e o da JOANA. Agradeço que me mande os dois logo que possa para o endereço dum amigo meu que vou indicar no seu e-mail mariodenoronha@gmail.com.
    Obrigada por tudo.

  4. Anónimo on said:

    Gostei à brava deste poste. Embora não tenha mais do que 53 anos, já me sinto desiludido com tudo o que se passa à nosso volta. Vou tentar fazer ver aos meus filhos que a prevenção é melhor do que a cura. Já muitos dizem isso nos meios de comunicação social. A ecologia começa a lutar contra os erros que fomos cometendo ao longo dos anos muito a contento dos lobis que dominam o mundo.
    De facto é necessário prevenir. Oxalá que os meus netos consigam ter um mundo melhor do que o nosso.
    Obrigado pelo alerta.

  5. CãoPincha on said:

    Inspirados na vossa DEPRESSÃO, vamos publicar um novo poste dedicado ao PEC e ao PAP. Esperemos que a nossa população comece a ganhar juízo e que vá actuando de acordo com as necessidades.
    Por acaso, «camarada», veja se se lembra do Ministro do Trabalho de quem falamos no nosso poste.
    Já não existe, tal como esse dinheiro do «dia do trabalhador»!
    Bos sorte para o seu blogue,
    compincha.wordpress.com

  6. CãoPincha on said:

    Já dissemos que tínhamos gostado deste poste. Chega a nossa vez de perguntarmos se gostou do nosso último poste sobre o PEC e o PAP, porque inspiramo-nos tanto na actuação do actual governo a partir dessa depressão bem como nos sentimentos do povo.
    Se nada se fizer nesta sociedade actual, julgamos que a depressão irá atingir não só os seniores como os juniores e até a infância porque a maior parte da população ficará ser ter o mínimo de subsistência para se poder aguentar. Só os ricos irão ficando cada vez mais ricos, à custa de cada vez mais pobres.
    Esperamos que difunda este poste pelo maior número de visitantes porque o seu blogue está a ser muito visitado.
    CãoPincha ─ compincha.wordpress.com

    • Acabo de consultar o vosso blog e de ler o post que me parece muito adequado para a situação actual. Vou ver o que posso fazer para a difusão que me parece importante, tanto mais que, como já vos disse, sou adepto do «NÃO».
      Pelo menos, exprimimos democraticamente a nossa insatisfação sem a camuflar com a abstenção que, nos tempos da «outra senhora», não era muito visível porque alguém votava por nós, mesmo sem a nossa procuração.
      Parabéns pelo excelente post.
      Mário de Noronha

  7. Já sou sénior há dois anos.
    Acabei de aprender a utilizar o computador e consultei a internet.
    Gostei muito deste poste porque o consultei depois de abrir o blogue e porque vem mencionado nos mais consultados.
    Fiquei muito satisfeita e vou seguir a receita.
    Agora, quando consultar este blogue, vou começar pela Histótia do Blog.
    Obrigada pelo blogue e pela ajuda que os seus postes dão.
    Vou vê-lo mais vezes.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: