PSICOLOGIA PARA TODOS

BLOG QUE AJUDA A COMPREENDER A MENTE E OS COMPORTAMENTOS HUMANOS. CONSULTA-O E ESCREVE-NOS, FAZ AS PERGUNTAS E OS COMENTÁRIOS QUE QUISERES E COLABORA PARA MELHORAR ESTE BLOG. «ILUMINA» O TEU PRÓPRIO CAMINHO OU O MODO COMO FAZES AS COISAS…

PSICOLOGIA PARA TODOS – 2

Caro senhor Anónimo,Psicologia-B
Conforme prometi, estou a transcrever mais uma parte do capítulo GRATIFICAÇÕES E PUNIÇÕES do livro PSICOLOGIA PARA TODOS (F).
Boa sorte na leitura e na execução.

OS PERIGOS DA SACIAÇÃO

Olegário, um rapazinho de 8 anos, teve de ser observado um dia pelo psicólogo porque, de vez em quando, tinha maus resultados no aproveitamento escolar não sabendo a professora a quê atribuir esse insucesso.Interacção-B30
Avaliado convenientemente com algumas provas psicológicas, demonstrou possuir nível intelectual regular e boas capacidades cognitivas. Verificavam-se certas dificuldades na personalidade, relacionadas com a interacção familiar e necessidade de mais afectividade e atenção dos pais. Sendo necessário aumentar a interacção com os pais para dar incentivo a uma melhor aprendizagem escolar, ficou combinado a mãe dar um pequeno prémio sempre que as informa-ções da escola fossem boas. Todos os dias o pai ou a mãe verificariam os seus trabalhos escolares, elogiando os que estivessem bem feitos.
Nas primeiras duas semanas, a mãe mostrou-se entusiasmada com os resultados e a professora chegou a dizer que no 3º ano Joana-Bnão existia melhor aluno. Passado um mês, no contacto seguinte da mãe com o psicólogo, ela queixou-se que tudo tinha sido «sol de pouca dura» e que o rapaz estava cada vez mais insuportável.
A mãe tinha sido instruída pelo psicólogo a dar um prémio de vez em quando, relacionando-o com um bom resultado escolar e na sequência do mesmo. Como o rapaz demonstrasse muito interesse em possuir cadernos com os bonecos de Speedy Gonzalez, a mãe comprou imediatamente uma colecção de 12 cadernos e ofereceu-lha no dia em que a professora enviou as primeiras «boas informações».
Passado este primeiro entusiasmo, nas quatro semanas seguintes, nem os pais trabalharam com o rapaz, porque ele atingira a meta desejada, nem foram capazes de lhe dar outros prémios, além de mais colecções de cadernos de que Psicopata-Bmostrara ter gostado.
O rapaz saciou-se com os cadernos! Para evitar a saciação, a mãe deveria ter dado um caderno de cada vez como prémio (reforço secundário positivo) depois de uma boa informação escolar. Com a ajuda dos pais, esse prémio poderia actuar como incentivo para melhorar mais ainda as suas capacidades escolares. Esse contacto com os pais seria a fonte mais importante de gratificação para o rapaz.
Nestas situações, os mais idosos e responsáveis têm de ter muito cuidado com as consequências dos seus actos, isto é, saber qual o resultado que irão provocar.
Intercalando o contacto familiar com o prémio dos cadernos, a gratificação funcionaria eficazmente durante muito tempo (I). neuropsicologia-BTal como aconteceu, o rapaz encheu-se de colecções de cadernos que deixaram de ser gratificantes por se ter saciado com elas. Esta saciação com os cadernos associou-se às boas notas e ao consequente afastamento dos pais por acharem que a criança já não necessitava de ajuda. Assim, bastava não ter boas notas para ficar sem a companhia dos pais e não ficar cheio de mais colecções de cadernos: aquilo que deveria ser gratificação (reforço secundário positivo de razão fixa ou variável) transformou-se em saciação e punição.

Já leu os comentários?

Clique em BEM-VINDOSarvore-2

Ver post LIVROS DISPONÍVEIS

É aconselhável consultar o ÍNDICE REMISSIVO
de cada livro editado em post individual

Blogs relacionados:

TERAPIA ATRAVÉS DE LIVROS [http://livroseterapia.wordpress.com/]

PSICOLOGIA PARA TODOS (o antigo) [http://psicologiaparaque.blogspot.pt/]

Para tirar o máximo proveito deste blog, consulte primeiro o post inicial “HISTÓRIA DO NOSSO BLOG – sempre actualizada”, de Novembro de 2009 e escolha o assunto que mais lhe interessa. Depois, leia o post escolhido com todos os comentários que são feitos. Pode ser que descubra também algum assunto acerca do qual nunca tivesse pensado.

Para saber mais sobre este blog, clique aqui

Anúncios

Single Post Navigation

One thought on “PSICOLOGIA PARA TODOS – 2

  1. Anónimo on said:

    Estou a gostar destas explicações.
    Ainda bem que houve alguém que fez a primeira pergunta.
    Isto ajuda-nos a pensar no que fazemos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: