PSICOLOGIA PARA TODOS

BLOG QUE AJUDA A COMPREENDER A MENTE E OS COMPORTAMENTOS HUMANOS. CONSULTA-O E ESCREVE-NOS, FAZ AS PERGUNTAS E OS COMENTÁRIOS QUE QUISERES E COLABORA PARA MELHORAR ESTE BLOG. «ILUMINA» O TEU PRÓPRIO CAMINHO OU O MODO COMO FAZES AS COISAS…

A EDUCAÇÃO E A CRISE

“Será que à falta de criar horizontes de saída da crise e objectivos concretos e qualidade de vida, esta Biblioeducação, organizada sobre um modelo de cultura do dinheiro, dos ídolos e do poder, não leva também ela a cometer actos tresloucados?”

O comentário acima transcrito, feito por um Anónimo, obrigou-me a tentar dar rapidamente uma resposta, porque ouvi uma notícia de que um casal de dois especialistas em medidas de auto-ajuda em psicoterapia, que estava a treinar outras pessoas, se tinha suicidado na sua residência, nos EUA.

Tudo o que tenho escrito nos diversos posts, não exclui a possibilidade de um especialista se suicidar, mas também é menos admissível que não o faça com muito menor probabilidade do que um não especialista e um não-treinado.mario-70

Como já tive ocasião de dizer, nunca confiei muito nos livros de auto-ajuda, muitos dos quais consultei, há cerca de 40 anos, quando eu próprio estava numa depressão ansiosa reactiva profunda e era medicado com drogas que me deixavam ainda mais desiludido com a vida, tal como o Antunes (B).

Por esse motivo enveredei pela técnica da Imaginação Orientada, que exige muito envolvimento do próprio desencadeando-lhe todas as forças possíveis para ultrapassar qualquer crise de acordo com as suas próprias vivências, possibilidades, energias e aprendizagens.
Os dois posts seguintes podem ser mais esclarecedores:Acredita-B

Meditação e Psicologia
Imaginação Orientada

É exactamente a nossa cultura e os valores subjacentes que nos impulsiona num determinado sentido. Mas, como numa sociedade, tal como numa família, tem de existir alguém que coordene toda a situação e actuação, dando o exemplo de como as pessoas se devem comportar, os governantes são necessários. Mas têm de ser governantes a sério e não «à séria», como dizem agora. Acerca disso, as minhas ideias estão bem explicitadas no post Psicologia Psicologia-Be Política.

Além disso, como não acredito que a nossa EDUCAÇÃO e o bem-estar social, estejam bem equilibrados e desenvolvidos, julgo que a acção de psicólogos sérios, que compreendam a vida tal como ela é, torna-se importante para deixar pelo menos alguma parte da população imunizada contra os males que nos atacam, em parte, por causa do mau «desenvolvimento» das personalidades envolvidas.

Para que esse desenvolvimento seja adequado e mantido, um Curso ou uma acção de formação, num determinado sentido, pode deixar os intervenientes bastante mais imunizados contra os males que nos irão atacar com a crise Interacção-B30financeira, que não deve deixar de ser extensiva e profunda, qualquer que seja o governo que tomar conta das rédeas do poder.

Para mais, algumas sessões de treino de relaxamento mental e de exposição da técnica de imaginação orientada podem deixar a pessoa capaz de resistir aos males que nos devem atacar, tal como os vírus sazonais, esporádicos e pontuais, que incomodam constantemente. Para isso, servem a psicoterapia e a autoterapia, também mencionadas em vários outros posts neste blog.

Esta vacinação, que é necessária, fez com que o o Antunes, profundamenteConsegui-B depressivo, se submetesse a isso. Com isso, ajudou também não só a sua família como até uma «sobrinha» com quem convivera durante muitos anos. Com a Cidália, aconteceu quase o mesmo. Se fossem os paninhos quentes das auto-ajudas e dos aconselhamentos, não acredito que conseguissem uma modificação tão profunda. Mas, tudo isso exige muito esclarecimento e envolvimento do próprio e, às vezes, uma pequena ajuda ou orientação de um psicoterapeuta experiente, honesto e de bom senso.

Enveredar por aconselhamentos ou psicoterapias encaixadas numa teoria, como se utilizasse uma folha Excel para diminuir o défice e equilibrar a economia, tal como se está a fazer em Portugal, talvez seja o pior caminho. Nós temos uma Psicopata-Bsociedade já constituída com «vícios» que já conhecemos. Antes de tudo, temos de os tentar reconhecer, analisar, definir e reduzir ou eliminar, sem ser em centros de reabilitação para onde os «viciados» regressam, de vez em quando, com o hábito do vício cada vez mais arreigado.

O que tem de mudar essencialmente, é a nossa cultura do nepotismo, poder, ganância, enriquecimento rápido e ilícito, arrogância e muitos outros «defeitos» que são completamente dispensáveis, senão prejudiciais. Para isso, antes de tudo, os mais velhos e graduados, têm a obrigação moral de não fomentar a dissonância cognitiva nos menos graduados.

Joana-BConcordo quase totalmente com o comentário, porque, dizer «faz o que eu digo mas não faças o que eu faço» é péssimo, especialmente quando os principais protagonistas são pais e governantes….
Se os exemplos não vierem «de cima», as pessoas ficarem constantemente sujeitas à dissonância cognitiva, e se os castigos forem aumentando com o passar dos tempos, tudo isto pode conduzir a uma frustração exagerada, se não entrarmos em depressão aprendida ou reagirmos com actos tresloucados completamente impensáveis.

Já leu os comentários?

Clique em BEM-VINDOSarvore-2

Ver também o post LIVROS DISPONÍVEIS

É aconselhável consultar o ÍNDICE REMISSIVO de cada livro editado em post individual.

Blogs relacionados:

TERAPIA ATRAVÉS DE LIVROS [http://livroseterapia.wordpress.com/]

PSICOLOGIA PARA TODOS (o antigo) [http://psicologiaparaque.blogspot.pt/]

Para tirar o máximo proveito deste blog, consulte primeiro o post inicial “História do nosso Blog, sempre actualizada”, de Novembro de 2009 e escolha o assunto que mais lhe interessa. Depois, leia o post escolhido com todos os comentários que são feitos. Pode ser que descubra também algum assunto acerca do qual nunca tivesse pensado.

Para saber mais sobre este blog, clique aqui.

Anúncios

Single Post Navigation

2 thoughts on “A EDUCAÇÃO E A CRISE

  1. Agradeço o comentário, muito elogioso para mim e parto feliz só depois do Santo António, julgando que consegui fazer cá algo de útil, mesmo nas minhas férias.
    Quando acabei de postar o FINAL, estive a ver o vosso blogue e fiquei especialmente sensibilizado com os últimos 5 artigos.
    Parece que, da vossa parte, além de «conterraneidade», existe uma química especial em relação ao Abade Faria. É bom.
    Levo comigo o livro “Acredita em ti. Sê Perseverante” que me pode ajudar imenso nos inúmeros dias de cansaço e calor a que me tenho de sujeitar.
    Tenho pena que os vossos livros não sejam devidamente publicados e difundidos. Seriam uma óptima ajuda para muitos, especialmente para os futuros cidadãos deste país que se deseja democrático.
    Felicidades por cá e melhor sorte para os livros.
    Até qualquer dia.
    CãoPincha

  2. Mário de Noronha on said:

    Caros CãoPincha,
    Se ouviu o discurso ou, melhor dizendo, o relambório feito pelo nosso Presidente, fico por cá muito triste com tudo o que se vai passando e não auguro melhores dias para a publicação dos livros. Felicidades para vocês todos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: