PSICOLOGIA PARA TODOS

BLOG QUE AJUDA A COMPREENDER A MENTE E OS COMPORTAMENTOS HUMANOS. CONSULTA-O E ESCREVE-NOS, FAZ AS PERGUNTAS E OS COMENTÁRIOS QUE QUISERES E COLABORA PARA MELHORAR ESTE BLOG. «ILUMINA» O TEU PRÓPRIO CAMINHO OU O MODO COMO FAZES AS COISAS…

REFORÇO DO COMPORTAMENTO INCOMPATÍVEL 4

Esta é a técnica de modificação do comportamento mais fácil de aplicar, muito aplicada sem querer por muitos e Psicologia-Bfrequentemente aplicada pelos políticos quando querem «fugir» daquilo que não lhes interessa.

Contudo é uma das técnicas que, uma vez utilizada, pode dar vantagens substanciais na EDUCAÇÃO.

Depois de ter agradecido ontem, a todos os que me deixam entreter com as músicas e ditos humorísticos que abundam no facebook, fui acompanhar a minha na compra de fruta. Como a loja estava cheia de clientes, fiquei fora, do mesmo modo como fez uma senhora de idade que ficou fora com o carrinho de bebé, enquanto o marido ia comprar alface e pêras.

Interacção-B30O neto, de cerca de ano e meio estava preguiçosamente a beber água dum biberão com o qual também brincava. Já farto de chupar na tetina, o biberão caiu ao chão e foi rolando pelo passeio até que o apanhei e entreguei à senhora. Ela agradeceu-me, olhou para o neto, sacudiu o biberão, disse humoristicamente “ninguém viu” e voltou a entregar o biberão ao miúdo.

Entretanto, voltou-se para mim e disse que o rapaz tinha vindo da aldeia e que lá diziam que não fazia mal ele meter as coisas na boca porque havia uma espécie de micróbios que ajudavam a contrariar as infecções. Não respondi.
O gaiato olhou para mim, riu-se, meteu o biberão na boca e deixou-o cair de novo. A senhora foi apanhá-lo outra vez a mario-70entregou-o ao rapaz, a sorrir, dizendo-lhe que era um malandreco e que não devia ter deitado o biberão ao chão.
Quando a senhora ficou com o biberão na mão, o rapaz começou a contorcer-se no carrinho e a pedir o biberão. A senhora ia entregá-lo e eu estava com vontade de lhe dizer que não valia a pena e que seria melhor distraí-lo com qualquer outra coisa.

Com a aproximação de outra senhora que conhecia essa família e brincadeira com o rapazinho, a atenção foi canalizada para isso e o pedido do biberão ficou suspenso.Biblio

Quando a outra senhora se foi embora, quase que tive vontade de explicar o que era o reforço do comportamento incompatível que tinha acontecido com o rapazinho, sem o conhecimento da senhora e sem um objectivo deliberado, mas ajuizei que ela não teria facilidade de compreender os seus mecanismos.

Por acaso, ela deixou o biberão de lado e começou a conversar com o rapazinho. Eu apenas olhando para os dois e para o biberão, disse-lhe:
– Assim vale a pena – e fui-me embora com a minha mulher que já tinha feito as compras.

Joana-BLogo que a senhora de idade viu o neto deixar cair o biberão (pela segunda vez) e reclamá-lo logo de seguida, deveria ficar tentar distrair a criança e esconder o biberão, não muito ostensivamente.

Podia depois distraí-lo com conversas, apresentação de pessoas ou de coisas à vista, etc., sem nunca se referir ao biberão.

Quando ele tentou contorcer-se no carrinho, devia tê-lo distraído para adoptar uma nova posição. É necessário fazê-lo isso com convicção como os palhaços nos captam a atenção.

Não deveria ter dito, com um sorriso, que o rapaz era um malandreco. Isso pode proporcionar-lhe reforço vicariante e Psicopata-Bdissonância cognitiva.

O sorriso associado ao «malandreco» pode querer dizer que vale a pena ser malandreco.

Fazer uma coisa que não deve (deitar o biberão a chão) e obter um elogio (sorriso) pode querer dizer que vale a pena deitar o biberão ao chão para ser malandreco e obter um sorriso. Afinal, deitar o biberão ao chão é bom ou não é bom?

Os alicerces da educação começam a ser lançados muito cedo, quer queiramos, quer não, porque ajudam a estruturar uma personalidade que, futuramente, apelidaremos de equilibrada ou desequilibrada.Imagina-B

Já leu os comentários?

Clique em BEM-VINDOS

Ver também o post LIVROS DISPONÍVEIS

É aconselhável consultar o ÍNDICE REMISSIVO de cada livro editado em post individual.

Blogs relacionados:arvore-2

TERAPIA ATRAVÉS DE LIVROS [http://livroseterapia.wordpress.com/]

PSICOLOGIA PARA TODOS (o antigo) [http://psicologiaparaque.blogspot.pt/]

Para tirar o máximo proveito deste blog, consulte primeiro o post inicial “História do nosso Blog, sempre actualizada”, de Novembro de 2009 e escolha o assunto que mais lhe interessa. Depois, leia o post escolhido com todos os comentários que são feitos. Pode ser que descubra também algum assunto acerca do qual nunca tivesse pensado.

Para saber mais sobre este blog, clique aqui.

Anúncios

Single Post Navigation

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: