PSICOLOGIA PARA TODOS

BLOG QUE AJUDA A COMPREENDER A MENTE E OS COMPORTAMENTOS HUMANOS. CONSULTA-O E ESCREVE-NOS, FAZ AS PERGUNTAS E OS COMENTÁRIOS QUE QUISERES E COLABORA PARA MELHORAR ESTE BLOG. «ILUMINA» O TEU PRÓPRIO CAMINHO OU O MODO COMO FAZES AS COISAS…

AUTOTERAPIA 6

Comentário no post “AUTOTERAPIA 5”:mario-70

Bom dia doutor:

O meu tempo está ocupado a trezentos por cento. Penso que o tempo de toda a gente está, mas queria saber a sua opinião sobre o facto de tentar fazer um horário diário, onde insira a escrita e o relaxamento. Passo a Acredita-Bexplicar. Os meus dias são normalmente:
6.30 – levanto-me e, com a ajuda do meu marido, arranjo a minha marmita com o almoço, o lanche e o saco de desporto do meu filho de 8 anos, tomo banho, acordo-o, deixo a roupa em cima da cama e passo os restantes 30 minutos a repetir-lhe
as ordens de vestir e ir lavar os dentes…enfim
8.10 – saímos de casa para deixar o pequeno na escola às 8.40 e vou ao ginásio até às 9.30 para entrar no trabalho às 10.00.
Em metade dos dias que saio às 18:00 horas levo o filho para jogar à bola, porque nos restantes só saio às 20:00.
No domingo, deixo a comida toda preparada para a semana, com a vida sempre a correr, numa lufa-lufa Bibliodiária.
Muitas vezes estou tão cansada que não consigo sequer escrever. Por isso acho que devo espetar na parede do meu quarto um horário com os 20 m de escrita e os 20m de relaxamento…. Fazer disso uma obrigação até o fazer automaticamente. Acha que dará resultado? Ou impor essa técnica é forçar demais???”

Para responder a este comentário (pergunta), sem a conhecer muito bem nem à sua família, vou-me «agarrar» ao que diz no seu comentário.

Antes de tudo, lembre-se que quem não pode comer um bom bife com ovo a cavalo e pickles, pode contentar-Joana-Bse com uma bifana no pão ou um cachorro. Vamos contentar-nos com pouco no início. Por isso:

  1. 1.       Quanto ao que me disse em relação a ter de repetir constantemente para o filho lavar os dentes, etc., não achei a situação muito confortável. Será que ele só obtém reforço quando não cumpre imediatamente uma «ordem» da mãe?  Já leu o que aconteceu com a JOANA (D)? Também nunca cooperava com o pai mas passou a fazer o contrário quando o pai mudou o seu comportamento depois de ter lido, visto e compreendido como é que o comportamento humano funciona.
  2. 2.       Quanto ao fazer um horário para o seguir, pelo menos no primeiro mês, não acho mal, pelo menos para cada um se compenetrar daquilo que tem de fazer. Dá-lhe mais apoio para se sujeitar ao mesmo, sem desculpas e sem justificações desnecessárias.Consegui-B
  3. 3.       Nesse horário pode, desde já garantir 5 minutos de escrita, à noite, antes de dormir, apenas para um diário de anotações das dificuldades que sentir e das recordações dos factos desagradáveis que for recordando durante o dia ou nos sonhos. Deixe a auto-análise para um segundo tempo.
  4. 4.       Se possível, faça uma auto-avaliação dos seus sintomas mais desagradáveis. Não deve demorar muito tempo e, pelos vistos, pode-a fazer aos domingos.
  5. 5.       Só para isso, tem de ler bastante. Por enquanto, ler o caso da Cidália (C) e ver o que se passou com o Tiago, pode ajudar. Futuramente, a explicação será muito melhor quando eu conseguir publicar o caso do Júlio “Eu Não Maluco2Sou MALUCO!” (E). 
  6. 6.       Para isso, é necessário que existam pelo menos 80 pessoas a pedirem o livro. 
  7. 7.       No seu caso, além do mais, também é importante ler diversos livros que já estão publicados, mesmo que seja na edição antiga:

Saúde Mental Sem Psicopatologia (A)
Acredita em Ti! Sê Perseverante (B)
Eu Também CONSEGUI! (C)Saude-B
JOANA a traquina, ou simplesmente criança? (D)
«Stress»? Reduza-o já! (L)
Como Modificar o Comportamento – 5 volumes (F)
Todos estes destes livros podem ser lidos, sem horário, em qualquer momento, especialmente enquanto o pequenito joga futebol. O importante é estar sempre com um deles.

  1. 8.       Depois dos 5 minutos de escrita do diário, ou menos, se passaram mais de 3 horas sobre o jantar e se ou ainda não consegue fazer o relaxamento mental, quando se for deitar, inicie o relaxamento muscular que deve ocupar no máximo, 30 minutos, se ainda não estiver a dormir. Se estiver a dormir, continue e, se não estiver, tente recordar os melhores comentos da vida passada ou actual.
  2. 9.       No fim do primeiro mês ou antes disso, quando conseguir fazer o Stress-Brelaxamento mental, pode começar com a recordação sistemática dos momentos e recordações agradáveis até à exaustão. As recordações ou factos os desagradáveis existirão ainda, mas serão menores, porque algum desse tempo será ocupado pela recordação de factos agradáveis.

▫ É o reforço do comportamento incompatível que irá progredir com o tempo, à medida que se for arranjando dinheiro para se adquirir um pouco mais do que o cachorro ou a bifana!!! É a terapia do equilíbrio afectivo.

  1. 10.   Depois do primeiro mês e com os resultados obtidos com o horário e o seu cumprimento rigoroso (apenas 5 Psi-Bem-Cminutos e, eventual e temporariamente, mais 30 minutos ou menos de relaxamento), à hora de dormir, pode-se seguir em frente. Mas é necessário ler todos os posts publicados neste blog, relacionados com a “AUTOTERAPIA” e “REFORÇOS” e não são poucos.
  2. 11.   O horário, para os meses seguintes, deve ser feito antecipadamente com os resultados obtidos tanto na auto-avaliação como no relaxamento, nas primeiras duas ou três semanas.
    Verificou que gasta pouco mais de 5 minutos por dia?

Infelizmente, sei que dar opiniões e conselhos é fácil, mas cumpri-los é difícil e conduz a muitos desencorajamentos. É por isso que o «paciente» tem de ter a paciência de seguir os conselhos, com persistência e sem Difíceis-Besmorecer.

Senão, só as caminhadas para o consultório serão muito mais onerosas, em todos os sentidos. A psicoterapia depende mais de cada um do que dos outros. Diz quem sabe e tem experiência nisso (J).
Boa sorte e melhor TRABALHO, com persistência.
Tenho pena de não poder publicar os livros, por não ter disponibilidade financeira antecipada para isso e o público ser pouco. Contudo, vou fazendo o relaxamento, a imaginação orientada e persistindo na finalização dos livros, como eu quero, para algum dia os publicar. depois de os utilizadres deste blog o acharem muito útil.

Já leu os comentários?arvore-2

Clique em BEM-VINDOS

Ver também o post LIVROS DISPONÍVEIS

É aconselhável consultar o ÍNDICE REMISSIVO de cada livro editado em post individual.

Blogs relacionados:

TERAPIA ATRAVÉS DE LIVROS [http://livroseterapia.wordpress.com/]

PSICOLOGIA PARA TODOS (o antigo) [http://psicologiaparaque.blogspot.pt/]

Para tirar o máximo proveito deste blog, consulte primeiro o post inicial “História do nosso Blog, sempre actualizada”, de Novembro de 2009 e escolha o assunto que mais lhe interessa. Depois, leia o post escolhido com todos os comentários que são feitos. Pode ser que descubra também algum assunto acerca do qual nunca tivesse pensado.

Para saber mais sobre este blog, clique aqui

Anúncios

Single Post Navigation

6 thoughts on “AUTOTERAPIA 6

  1. Anónima on said:

    Ao consultar este blogue vi este poste que me chamou logo a atenção porque é um caso que se passa mais ou menos comigo.
    Hoje fui à escola e pela primeira vez a professora teve queixas do meu filho lhe respondeu que não queria fazer um determinado trabalho.
    Sei que há muita coisa errada e isso fez-me ponderar muito na educação que estou a dar ao meu filho, mas não sei bem como mudar.
    Ele é geralmente bem-educado e meigo, mas está a mudar o seu comportamento aos poucos, muito porque eu não tenho tido o pulso de ferro que deveria.
    Há muita coisa que terei que mudar em mim primeiro, só assim conseguirei mudar nele depois. A minha relação com o meu filho não é diferente da maior parte das mães.
    Somos unidos e ele tem muito à-vontade para me contar as suas coisas. Mas o limite do à-vontade tem que ser traçado antes que chegue ao lado do “à-vontadinha”, que roçará a falta de respeito….
    Fiquei decepcionada e fez-me pensar onde estou a errar…Já li o livro da Joana, mas vou ter que o reler porque foquei-me demasiado em mim e, se calhar, negligenciei o meu bem mais precioso: o meu filho.
    De qualquer forma, terei que analisar o meu comportamento com o meu filho e o mais rápido possível….
    Pergunto-me se é possível mudarmos o nosso comportamento, con-centrarmo-nos em nós e neles (filhos) ao meu tempo?
    Queria que me enviasse os seguintes livros, juntamente com o nib para fazer a transferência:
    1. Psicopata! Eu?
    2. Combata ou Evite a depressão
    3. Imaginação orientada
    4. Neuropsicologia na reeducação e na reabilitação
    Além disso, quando olhei para os tempos de escrita, relaxamento, etc. parece que existe uma discrepância entre o que diz num livro e noutros. O que é que vou fazer?
    Agradeço imenso uma resposta, tanto quanto possível, rápida.
    Anónima, sinónima mas diferente da comentarista anterior.

    • Vou tentar responder, aos bocados, com um novo post intitulado ENVOLVIMENTO FAMILIAR 8 porque se trata essencialmente da «EDUCAÇÃO» do próprio e da família e as acções conjugadas, compreendidas, conscientes e objectivas são muito importantes.

  2. Acabei de ler no facebook, uma postagem sobre o seu novo livro de autoterapia.
    Já tinha lido os artigos anteriores inseridos neste blogue.
    Mesmo depois de ler o seu novo artigo em resposta ao comentário de “Anónima, sinónima mas diferente da comentarista anterior”, continuo a não conseguir fazer o que diz nesse poste.
    Parece-me um desperdício de tempo e uma confusão que não cabe na minha cabeça.
    Quer-me explicar melhor tudo isto relacionado com a autoterapia?

  3. Este artigo valeu imenso para eu ler muitos anteriores e seguintes e conseguir mudar alguma coisa que não compreendia antes.
    Já fui à Plátano e consegui alguns livros.
    Estou a sentir-me muito melhor e consigo lidar de outra maneira com os meus filhos e marido.
    Parece que fiquei com mais consciência de mim mesma.
    Obrigada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: