PSICOLOGIA PARA TODOS

BLOG QUE AJUDA A COMPREENDER A MENTE E OS COMPORTAMENTOS HUMANOS. CONSULTA-O E ESCREVE-NOS, FAZ AS PERGUNTAS E OS COMENTÁRIOS QUE QUISERES E COLABORA PARA MELHORAR ESTE BLOG. «ILUMINA» O TEU PRÓPRIO CAMINHO OU O MODO COMO FAZES AS COISAS…

BIBLIOTERAPIA 13

Por ser interessante, vou transcrever as páginas 187 a 190, do livro «Psicoterapias Difíceis» (M)Difíceis-B

“SURPRESA DAS SURPRESAS

Grande foi a minha surpresa quando, em meados de 2005, não tendo qualquer contacto com o Cali ou sua família, recebi um telefonema da mãe, dizendo que vinha a Lisboa fazer uns exames médicos que tinha começado antes de regressar ao Porto.
No fim desta sua «fuga» a Lisboa, tinha de regressar sozinha. Por isso, queria falar comigo rapidamente. Não compreendi bem o que se passava, mas parecia que tinha pouco tempo disponível e uma mensagem para me dar pessoalmente. Fui ter com ela a Psi-Bem-CLisboa.

Quando a vi, pareceu-me bem-disposta, mais magra e sem estar a fumar desalmadamente. Cumprimentamo-nos e ela iniciou rapidamente a conversa que queria ter comigo:

− Desculpe não lhe ter dado quaisquer notícias nossas durante todo este tempo. Depois de quase final do ano em que fomos para o Porto, estivemos várias vezes no monte do Algarve e o Cali começou a procurar locais onde conseguisse fazer reportagens desportivas e empresas de comunicação social onde pudesse praticar… (e trabalhar?).
“Parecia-me que não se esquecia do relaxamento antes de adormecer. Já não se queixava de viajar de comboio sozinho e estava Saude-Bentusiasmado com as reportagens desportivas que ia fazendo.
“Também, fez o exame de código e passou.
“O pior de tudo é que no final do ano, eu comecei a sentir-me muito mal, quer no serviço, quer em casa, e até com os meus pais, porque o meu pai é muito brusco com a minha mãe e, estando no estado em que ela está, num lar de idosos, custa-me ver isso.
“Os médicos diagnosticaram-me uma depressão muito acentuada, passaram um atestado para estar fora do serviço durante semanas, com uma medicação muito forte. Parecia que me tinha desligado de tudo porque comecei a afastar-me de toda gente sem querer falar com ninguém, a não ser com o meu pai.mario-70
“Entretanto, o mais importante é que o Cali conseguiu finalmente passar no exame de condução antes do final do ano! Além disso, estava no último ano do curso, sem cadeiras atrasadas, com boa média nas notas e a estagiar como fotojornalista num grande grupo de jornais e revistas.
“Já tinha uma nova namorada, com quem as coisas pareciam mais normais do que anteriormente. Porém, eu já estava a afastar-me cada vez mais do meu marido. Já não aguentava mais os seus modos bruscos e o seu afastamento afectivo em relação à família. Com este afastamento, o marido começou a ligar-se mais ao Cali e a quase controlá-lo pelo telefone, o que o deixou aborrecido. O pai ofereceu-lhe logo um carro.Imagina-B
“No princípio do ano, o Cali recebeu a carteira de fotojornalista e começou a trabalhar incessantemente. Eu comecei a sentir-me cada vez pior e tive de vir fazer uns exames a Lisboa, com suspeita de tumor. Como o Cali também tinha de vir por cá e conduzia, viemos os dois, e ele, sem receios, para tratar dos seus trabalhos, fartou-se de conduzir em Lisboa.
“Entretanto, como ele me tinha dito algum tempo antes que gostava de ter mais uma consulta consigo, fiz-lhe lembrar isso e a resposta dele foi mais ou menos a seguinte:− Consulta, para quê? Tudo o que consegui, foi por mim. Agora, mesmo que quisesse ir visitá-lo, não teria tempo para isso.Maluco2

Com esta informação, eu fiquei muito satisfeito, porque Cali parecia já ter ganho a sua autonomia, independência e capacidade de reacção em casos de emergência. É exactamente isso que pretendo em todos os meus pacientes! Depois desta informação, a mãe do Cali sorriu e continuou:

− Verificando, no fim dos exames que não havia tumor e que o Cali já tinha ganho a sua autonomia, comecei a pensar seriamente na minha separação conjugal, que foi conseguida de mútuo acordo, com muitas concessões da minha parte. Foram 3 semanas de muito trabalho, mas a correr tudo bem. Já estou divorciada e a morar no meu apartamento. Aconselhei o Cali a não optar por ficar com um de nós, porque ele colocava a hipótese de vir morar comigo. Contudo, o meu apartamento é pequeno (tal como o da mãe de Joana?) (D). Ele poderia ficar numa casa ou noutra, consoante lhe desse jeito, optando por Canavezes e Porto, segundo as suas necessidades e desejos.Biblio

“Finalmente, depois da separação,  consigo dialogar com o meu marido sem que ele me ofenda. Tento manter uma relação equilibrada, contactando-o só quando necessário, sem hipótese de ele querer mandar ou decidir por mim.
“O Cali, apesar de muitos contratempos e assaltos de material fotográfico, conseguiu refazer todos os trabalhos de fim de curso conseguindo um 17 no final, muito bom para quem, 4 anos antes, vegetava no 12º ano.
Depois de tudo o que passei, há um mês que não tomo medicamentos para o sistema nervoso e sinto-me muito bem. Tensão e diabetes estão equilibrados. Só lamento ter cedido a chantagens e não ter feito isto há 20 anos! Mas o que conta é o presente e o futuro porque o passado não o podemos mudar.

Porque ela tinha de apanhar o comboio para o Porto, despedimo-nos, tendo eu desejado muitas felicidades, depois de lhe agradecer a gentileza de me pôr ao corrente de tantas mudanças.

Exceptuando a separação conjugal, era exactamente isso que eu pretendia, mas que não imaginava, nem conseguia prever que acontecesse apesar de Cali nunca ter aderido fácil e completamente às formulações de leituras e treinos necessários para uma psicoterapia eficaz (P). Entretanto, em relação à separação conjugal, que se torna necessária quando existem conflitos insanáveis, não sei se se poderia alterar alguma coisa. Contudo, julgo que a mãe do Cali estaria em melhores condições e se furtaria à depressão e aos medicamentos alienantes se tivesse adoptado em tempo oportuno a metodologia apresentada na AUTO{psico}TERAPIA (P). Talvez até pudesse tratar da sua separação de modo mais adequado, racional, objectivo e descontraído, em tempo oportuno. O importante, às vezes, é saber algo sobre o comportamento humano (F) (K).

O diálogo ou quase monólogo da mãe do Cali deixou-me a pensar no muito que se pode fazer apenas com a difusão das informações, a leitura de livros e algum treino à hora de dormir (B) (P).

Se as pessoas souberem o modo de funcionamento do comportamento humano (F) talvez se possam comportar de outro modo e interagir (K) de maneira diferente. Para isso, têm de ser esclarecidas. Como? Se os meios de comunicação social ou as entidades comunitárias não instituírem programas para isso, pouco ou nada se poderá fazer para EVITAR lares destroçados e crianças abandonadas sem uma EDUCAÇÃO adequada e modelos de actuação aceitáveis.

Surgirão depois meios de diagnóstico e de resolução de problemas, muito mais dispendiosos do que sessões de esclarecimento Interacção-B30mais económicas e que ajudam as pessoas a manterem-se equilibradas.

Por isso, da minha parte, existe um forte pendor para a constituição da BIBLIOTERAPIA (Q) e sessões de esclarecimento (B/109) que podem evitar ou prevenir esses desequilíbrios desnecessários, tal como ficou explicado no post «o ANTES e o DEPOIS», publicado no blog [psicologiaparaque.wordpress.com], em 07 de junho de 2015, acompanhado de outro blog [livroseterapia.wordpress.com], destinado à apresentação dos 17+ 1  livros da colecção da BIBLIOTERAPIA (Q).

Qualquer destes bolgs, destina-se a ajudar as pessoas a formar uma opinião sobre o comportamento, descobrindo formas de Psicopata-Bactuação para resolver os seus problemas e até a preveni-los e a ter o apoio possível com consultas ou respostas à distância.”

Depois da transcrição das páginas 187 a 190 do livro «PSICOTERAPIAS DIFÍCEIS» (M), apetece-me fazer umas considerações sobre tudo o que se passa na nossa sociedade.

As pessoas preocupam-se com coisas fúteis sem fazerem o mínimo de prevenção possível para preservar uma boa saúde mental e, depois de descalabro, recorrem a medicamentos quando os poderiam ter evitado com um esforço mínimo, tal como acontece com a nossa vida política, na qual elegemos os que «nos enganam» com as suas palavras bonitas, para depois os criticarmos. Se fizessemos um pequeno esforço para saber de que modo funciona tudo isto, não seria Respostas-B30mais económico, prático e saudável? Pelo menos, não teríamos de «chorar depois do leite derramado».

Quando acabei de ver o noticiário deste domingo, admirei-me com a imensa preocupação demonstrada com o bem-estar dos animais e lembrei-me imediatamente do meu amigo Joel, que se preocupava imenso com o animal humano. Ele desejava que todos pudessem ter as oportunidades de uma EDUCAÇÃO adequada, numa família condicente ou que, pelo menos, pudessem resolver os seus problemas atempadamente e de forma adequada. Por isso, insistiu para eu incluísse no livro «dele» (G/87) os procedimentos necessários para uma boa saúde mental evitando «asneiras» como as cometidas por ele.

Além dos «procedimentos» desejados pelo Joel terem sido transformados em «AUTO{psico}TERAPIA» (P), um outro livro muito específico, vai explicar quais as intençoes e virtualidades da «BIBLIOTERAPIA» (Q).

Também, com as «dicas» e sugestões dadas por muitos utentes dos blogs, vai ser pensado um novo livro «PSICOTERAPIA… através de LIVROS…» (R) que oriente os interessados no sentido de fazer uma Psicoterapia, acção Psicopedagógica melhoramento da Interacção Social ou Desenvolvimento Pessoal de forma autónoma ou com pouca ajuda do psicólogo, sem excluir qualquer suplemento ao gosto do interessado, tal como reiki, ioga, meditação, psucodrama, etc.

Em divulgação…

Consultou os links mencionados neste post?

Já leu os comentáriosVisite-nos noFacebook.

Clique em BEM-VINDOS

Ver também os posts anteriores sobre BIBLIOTERAPIA

É aconselhável consultar o ÍNDICE REMISSIVO de cada livro editado em post individual.

Blogs relacionados:

TERAPIA ATRAVÉS DE LIVROS para a Biblioterapia

PSICOLOGIA PARA TODOS (o antigo)

Para tirar o máximo proveito deste blog, consulte primeiro o post inicial “História do nosso Blog, sempre actualizada”, de Novembro de 2009 e escolha o assunto que mais lhe interessa. Depois, leia o post escolhido com todos os comentários que são feitos. Pode ser que descubra também algum assunto acerca do qual nunca tivesse pensado.

Para saber mais sobre este blog, clique aqui.

 

Anúncios

Single Post Navigation

4 thoughts on “BIBLIOTERAPIA 13

  1. Anónima on said:

    Tenho seguido o seu blogue e especialmente a Biblioterapia no facebook. Acha que as coisas são assim tão fáceis?

    • Não acho que as coisas sejam fáceis, mas também não posso dizer que sejam difíceis, para não desencorajar seja quem fôr. Tenho de encorajar todos a seguir as normas que podem ser desencorajantes, especialmente em função dos milagres que anunciam com os medicamentos e muitas técnicas improdutivas e que deixam as pessoas na sua depndência. Veja bem no outro blog o conjunto de livros que estou a mencionar, para descobrir alguns dos muitos que resolveram a sua situação com bastante leitura e sem ajuda específica (B), com pouca ajuda (C), até num café (E) ou sem muita leitura (H) e aplicação de toda a técnica (G). Por isso, insisto na EDUCAÇÃO (D) ou até esclarecimento quase púublico (B/109) do funcionamento do comportamento humano isoladamente (F) ou em interacção social (K). Se tiver oportunidade de fazer essas sessões, talvez possa ajudar muita gente (L) (M). Os livros estão aí para o elucidar, alguns já publicados e outros por publicar.

  2. Li este artigo e gostaria de saber se haveria alguma coisa a fazer antecipadamente como diz num artigo posterior «o ANTES e o DEPOIS».
    É que eu também parece que estou a ter problema semelhante.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: