PSICOLOGIA PARA TODOS

BLOG QUE AJUDA A COMPREENDER A MENTE E OS COMPORTAMENTOS HUMANOS. CONSULTA-O E ESCREVE-NOS, FAZ AS PERGUNTAS E OS COMENTÁRIOS QUE QUISERES E COLABORA PARA MELHORAR ESTE BLOG. «ILUMINA» O TEU PRÓPRIO CAMINHO OU O MODO COMO FAZES AS COISAS…

A PRÁTICA DA BIBLIOTERAPIA 3

Para responder ao comentário seguinte feito ontem, 
Se acha que a Biblioterapia é tão importante como diz, que meios temos para isso cá em Portugal?
posso dizer que nos tempos antigos pouco ou nada havia em Portugal e que, a partir da minha experiência pessoal em docência e clínica nos últimos 40 anos, consegui juntar e preparar literatura capaz de ajudar a resolver alguns problemas nas áreas de psicoterapia, psicopedagogia e desenvolvimento pessoal. Esta ideia foi-se criando desde a experiência com o Júlio, em 1980, e tornando-se cada vez mais imperativa desde o «desaparecimento» do Joel.

Esse «material» está concretizado agora em 17 livros constantes da colecção da Biblioterapia, estando praticamente prontos e alguns já publicados. Os outros, serão publicados, à medida que o número de interessados fôr suficiente, com inscrições para a sua aquisição.

Para isso, é necessário que as pessoas consultem os dois blogs, «Terapia Através de Livros»  e este, «Psicologia Para Todos», postos à disposição desde 2007, por sugestão de muitos e insistência dos alunos do ISMAT.
Enquanto no segundo podem fazer comentários e pedir informações sobre os assuntos que lhes interessam e obter respostas, no primeiro, podem ver o aspecto dos livros e consultar o resumo do seu conteúdo, com a possibilidade de fazer também comentários em relação a muitas alteraçõoes que se possam introduzir nos mesmos.

Para os livros ainda não publicados, estas inscrições deverão ser directamente feitas através do email [mariodenoronha@gmail.com] para o qual também podem ser enviados os pedidos dos livros já publicados que serão enviados pelo correio, não estando, em princípio, à venda nas livrarias.

Para poderem verificar a utilidade, necessidade e interesse do livro escolhido,  além de poder consultar o respectivo blog indicado acima, a fim de ter a noção mesmo e saber se já está publicado, as pessoas podem fazer comentários ou enviar emails  para descobrir se o poderão substituir por um antigo, que está mencionado no historial desse livro.

Os comentários em qualquer dos respectivos blogs a fim de pedir esclarecimentos sobre dúvidas relacionadas com os temas acima citados, são sempre bem-vindos.

Concordo perfeitamente com alguns criticos que deixaram as suas dúvidas, particularmente, as que disseram que a Biblioterapia não seria possível se a pessoa não tivesse interesse em ler e que, para isso, seria necessário criar o gosto pela leitura, que é pouco praticada em Portugal.

Bibliofilia também pode ser incentivada e cultivada em família e até nas escolas ou centros de lazer e diversão, onde serão necessários especialistas para esta finalidade.
Além disso, para esclarecer ainda mais o comentador e várias pessoas que consultam este blog, vou transcrever a seguir, o original dum possível capítulo do novo livro, que estou a preparar, com o título deste post, por causa das críticas muito construtivas que fui recebendo.

 

“HAVERÁ VANTAGENS NA BIBLIOFILIA?

Para uma boa Biblioterapia, é importante que haja Bibliofilia e que existam livros disponíveis para leituras devidamente direccionadas, evitando a dispersão ou a aquisição de ideias díspares.

Concretizando melhor, posso dizer que, se a pessoa tiver capacidade de abstracção suficiente, bom-senso e desejo de melhorar o seu desenvolvimento pessoal ou quiser tentar reequilibrar o seu psiquismo, pode utilizar apenas «AUTO{psico}TERAPIA».

Se nada souber sobre o funcionamento do comportamento humano e sobre os factores intervenientes na interacção social, pode utilizar o livro «JOANA, a traquina ou simplesmente criança?» para adquirir, grosso modo, as noções mais fundamentais e essenciais sobre este assunto.

Necessitando de fazer uma autopsicoterapia e desejando um exemplo prático a fim de «se inspirar» nele, o exemplo do Antunes em «Acredita em Ti. Sê Perseverante!» pode ser de grande utilizade.

Sendo difícil realizar uma psicoterapia autónoma e necessitando de algum apoio do psicólogo, os casos de Cidália descrito em «Eu Também CONSEGUI!» e o do Júlio apresentado em «Eu Não Sou MALUCO!» podem servir de exemplos daquilo que se consegue de forma económica, mas com boa colaboração do próprio interessado.

Porém, se alguém quiser aprofundar a matéria, chegando aos seus fundamentos, pode utilizar «Psicologia Para Todos» e «Interacção Social», obtendo muitos exemplos da vida prática.

Querendo a pessoa enfronhar-se nos problemas da doença mental, o livro «SAÚDE MENTAL sem psicopatologia» pode ajudar a aclarar certas dúvidas e adquirir novos conhecimentos.

Porém, talvez seja bom saber que uma boa educação, desde a infância, pode ajudar a minorar os problemas consultando os livros «Combata ou Evite a Depressão» e «Psicopata! EU?», que foram «tratados» apenas com a prática da Terapia do Equilíbrio Afectivo que, no caso do Joel, foi completada depois com a «Imaginação Orientada» e autohipnose. É também bom relembrar que um bom ambiente familiar pode ajudar a evitar as dificuldades que foram apresentadas nesses livros.

Lendo «Psicoterapias bem-Sucedidas – 3 casos» pode-se verificar a influência da educação e do meio ambiente familiar nos desequilíbrios psicológicos e as possibilidades de recuperação rápida ou demorada, conforme a aquisição das noções essenciais, da colaboração do prório e da sua persistência, bem como da influência do meio ambiente circundante.

O livro «Psicoterapias Difíceis» pode elucidar bastante este aspecto com os 4 «casos» lá apresentados, um resolvido tardiamente e outros mal resolvidos ou «irresolvidos» devido ao ambiente.

Havendo necessidade de dar apoio psicopedagógico a crianças com dificuldades escolares ou àquelas que desejam melhorar o seu rendimento e ainda aos que necessitam de reabilitação, «Neuropsicologia na Reeducação e Reabilitação» pode ajudar muito.

Para os que necessitam de dicas para o marketing, gestão, vendas e desenvolvimento pessoal, «Comportamento nas Organizações» consegue ser de alguma valia.

O «Respostas sobre Psicologia» aguardam perguntas a ser respondidas aos utilizadores desta colecção.

Por fim o «Biblioterapia» apresenta um exemplo daquilo que se deseja com este tipo de «tratamento» ou profilaxia que, desde 1973/75 e, mais concretamente desde 1980, se tem tentado seguir em Portugal, inicialmente, só com livros didácticos e apontamentos policopiados, com óptimos resultados, sem haver necessidade de esperar pelas experiências no estrangeiro, muito mais tardias.

O que se propõe, não é um modo de reduzir as dificuldades temporariamente, mas sim o de ultrapassar com êxito as dificuldades e as frustrações, que são muito frequentes entre nós, evitando que se repitam, podendo esse comportamento servir de exemplo para que muitas mais pessoas evitem as dificuldades.

Consultou todos os links mencionados neste post?

Já leu os comentáriosVisite-nos no Facebook.

Clique em BEM-VINDOS

Ver também os posts anteriores sobre BIBLIOTERAPIA

É aconselhável consultar o ÍNDICE REMISSIVO de cada livro editado em post individual.

Blogs relacionados:

TERAPIA ATRAVÉS DE LIVROS para a Biblioterapia
PSICOLOGIA PARA TODOS (o antigo)

Para tirar o máximo proveito deste blog, consulte primeiro o post inicial “História do nosso Blog, sempre actualizada”, de Novembro de 2009 e escolha o assunto que mais lhe interessa. Depois, leia o post escolhido com todos os comentários que são feitos. Pode ser que descubra também algum assunto acerca do qual nunca tivesse pensado.

Para saber mais sobre este blog, clique aqui

 

Anúncios

Single Post Navigation

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: